Conheça as diferenças entre os móveis de fibra sintética e natural e veja como fazer a escolha certa para a sua casa!

Móveis para a área externa são um investimento no conforto da família e na beleza da casa. No entanto, na hora da compra é comum surgirem dúvidas sobre o melhor material para cada ambiente. Entre a fibra sintética e a fibra natural, por exemplo, qual será a melhor?

Ambas são bonitas e emprestam mais sofisticação para os mais variados estilos. No entanto, há diferenças pontuais e bastante importantes entre os dois materiais. Veja quais são e descubra como escolher os móveis para sua área externa.

Fibra natural: o apelo da natureza dentro de casa

 

As fibras naturais remetem a um maior contato com o meio ambiente, já que são feitas a partir de elementos encontrados na natureza.

Elas podem ser vegetais, animais e até minerais, mas as mais utilizadas em móveis são a fibra de bananeira, vime, junco, palha, cana da índia, bambu, sisal e rattan.

Apesar de resistentes, é preciso cuidado na sua utilização. O ideal é que fiquem em locais internos ou cobertos, e sempre protegidas por tratamento com selador e verniz de acabamento.


Como a fibra é natural, ela é mais frágil do que a sintética, sofrendo um desgaste muito maior quando exposta ao sol e à chuva. Nessas condições, em pouco tempo ficam com aparência envelhecida e as fibras começam a se deteriorar.

Por isso, os móveis de fibra natural são pouco indicados para a área externa, piscina ou área de lazer, locais que costumam ser mais voltados para o ar livre e o contato com a água é mais constante.

Fibra sintética: beleza, durabilidade e sofisticação

A fibra sintética, por outro lado, é muito mais resistente e versátil, mantendo a mesma beleza da fibra natural, só que por muito mais tempo.

Mesmo sendo sintética, esse tipo de fibra dá às peças uma pegada natural e arejada, com modernidade e bom gosto, de uma forma ao mesmo tempo sofisticada e descontraída.

Dessa forma, os móveis de fibra sintética são ideais para áreas externas, piscina, varandas, pergolados, jardins e área de lazer em geral, sendo resistentes ao sol e à chuva.

Por outro lado, a manutenção é fácil, precisando apenas de água corrente, sabão neutro e uma escova de cerdas macias. Em pouco tempo a limpeza deixa os móveis com aspecto renovado, como se tivessem acabado de sair da loja.

Fibra sintética oferece mais versatilidade na decoração


A fibra sintética tem uma liberdade de fabricação muito maior do que a fibra natural, por isso ela é mais versátil.

Há uma quantidade incrível de tramas que podem ser feitas, como a balaiada, a paralela cruzada e a DNA, por exemplo, algumas das mais procuradas.

Em contrapartida, a fibra sintética pode ser combinada com vários outros materiais, como madeira, ferro e alumínio puro ou com pintura eletrostática.

Nesse caso, há várias cores e tonalidades à sua escolha, possibilitando uma personalização ainda maior do seu projeto.

Veja como aproveitar ainda mais os móveis de fibra sintética


Há uma variedade incrível de móveis em fibra sintética – e não só para áreas externas. Muito pelo contrário, a beleza e a versatilidade fazem com que as peças sejam perfeitas também para ambientes internos, dando um toque extra de beleza a vários estilos de decoração.

Veja algumas dicas para aproveitar ainda mais a versatilidade dos móveis de fibra sintética:

  • Móveis de fibra sintética com estrutura em madeira ficam um charme nos ambientes internos, em varandas e espaços gourmet. Nesse último caso, por exemplo, as banquetas levam um charme todo especial, além de serem resistentes e fáceis de limpar;
  • Os pés cônicos são um verdadeiro must have na decoração. O design icônico e atemporal também pode ser encontrado nos móveis de fibra sintética, em alumínio ou madeira, em poltronas, bancos e banquetas, por exemplo;
  • Sofás em fibra sintética levam conforto para os mais variados ambientes, criando diferenciais de decoração. São perfeitos para a sala de estar, varanda ou jardim;
  • Capriche no conforto dos móveis para piscina: invista em espreguiçadeiras, poltronas e cadeiras que, além de duráveis e bonitas, sejam confortáveis.
  • Os móveis de fibra sintética com estrutura de ferro ficam perfeitos no décor industrial. Além disso, podem ser usados tanto em ambientes internos quanto externos;
  • Nas áreas externas, prefira os móveis de fibra sintética com estrutura em alumínio, que são mais resistentes às intempéries.

Com essas dicas você está pronto para fazer a melhor escolha na hora da compra, garantindo um investimento de bom gosto, durabilidade e sofisticação!

Agora que você já sabe a diferença entre os dois tipos de fibra, venha conhecer os móveis da Villa Rattan e inspire-se para renovar a decoração da sua casa!

Deixe uma resposta