Cuidado: vaso esmaltado não é um vaso vietnamita legítimo! Conheça a diferença para os legítimos vasos vitrificados do Vietnã e entenda por que essa diferença é tão importante!

Os vasos vietnamitas sempre foram sinônimo de qualidade, luxo, resistência, beleza e sofisticação no mundo inteiro. A tradição milenar dos artesãos do Vietnã ganhou fama nos círculos mais seletos de arquitetura e decoração – e logo começaram a ser imitados e confundidos com outras técnicas de produção. Por isso, é comum encontrar à venda “vasos vietnamitas esmaltados”. Só que não é bem assim.

Esse é um dos principais fatores para reconhecer um vaso vietnamita legítimo: ele é vitrificado, nunca esmaltado. A confusão pode acontecer tanto por ignorância sobre o tipo de técnica empregada, quanto por má fé de quem vende.

Afinal, os vasos vietnamitas são vitrificados e únicos, exclusivos – um nunca é igual ao outro. E essas características, assim como muitas outras, geram um valor agregado muito grande.

Já os vasos esmaltados, geralmente nacionais, têm um outro tipo de produção e valor agregado menor.

Mas afinal, qual a diferença entre esmaltado e vitrificado

Agora que você já sabe que o vaso vietnamita legítimo é vitrificado e não esmaltado, falta saber a diferença entre os dois processos.

 

  • Vaso esmaltado

O esmalte é um processo de pintura, um tipo de acabamento que pode ser feito por banho ou a mão, depois do vaso pronto, produzindo uma coloração uniforme e superficial.

É bom ficar atento porque há empresas que comercializam “vasos esmaltados tipo vietnamitas”, ou seja, são vasos nacionais, até feitos artesanalmente, mas apenas inspirados no visual dos vasos legítimos dos artesãos do Vietnã.

Isso tende a confundir na hora da compra, mas não são vasos vietnamitas verdadeiros, não são produzidos com a mesma técnica, são esmaltados e não têm a durabilidade característica dos vasos vietnamitas legítimos.

 

  • Vasos vitrificados

Os vasos vietnamitas legítimos são vitrificados. O processo de coloração já começa com a própria argila do Vietnã, rica em mica. Ao ser aquecida o calor faz com que a mica reaja a outros minerais presentes da argila, criando cores e efeitos belíssimos.

Na tradição milenar dos artesãos vietnamitas, os vasos são produzidos em moldes, e não em tornos como os nacionais, por exemplo, e levados ao forno em temperaturas altíssimas.

O efeito vitrificado, então, é conseguido através da adição de areia ou sílica com pigmentos de cor à própria argila na hora de entrar no forno.

Variação de temperatura do forno cria coloração única

Durante o processo de cozimento dos vasos, que dura entre 3 e 4 dias em temperaturas que podem chegar aos 1.300ºC, a superfície é glassurizada, criando uma textura que parece um verniz.

Esse processo realça a cor de uma forma impressionante, além de gerar manchas únicas produzidas pelas variações de temperatura durante o período de cozimento da argila.

Além da cor e da aparência específicas de cada vaso, já que cada um reage de forma diferente à temperatura, esse processo também dá uma enorme resistência às peças, que faz com que sejam reconhecidos como os vasos mais resistentes do mundo.

Cuidado para não levar gato por lebre

Os vasos vietnamitas são objetos de alto padrão, que agregam valor a qualquer decoração.

Como existe uma grande variedade de coleções, com formas, tamanhos, cores e modelos diferentes, eles se adequam perfeitamente aos mais variados estilos arquitetônicos, tanto em ambientes internos quanto áreas externas, como jardins, fachadas, varandas, pergolados e áreas de lazer.

Por isso, eles acabam servindo de inspiração para muitos outros produtos, mas não há comparação em relação à qualidade das peças. Então, mesmo que o vaso “pareça” ou seja “tipo” vietnamita, não se deixe enganar.

Fique de olho em outras características do vaso vietnamita legítimo. A espessura é uma delas.

Como os vasos são feitos em moldes, os artesãos colocam várias camadas de argila, o que faz com que tenham em média pelo menos o dobro da espessura de um vaso comum.

Resistência à toda prova

 

Esse fato, aliado à qualidade da argila do Vietnã e ao processo de fabricação, os tornam extremamente resistentes. Por isso podem ficar ao tempo, expostos ao sol e à chuva por anos sem que percam suas propriedades originais. Já as “inspirações”, fatalmente descascam com a exposição às intempéries.

Outra vantagem dessa resistência e durabilidade é serem perfeitos para projetos paisagísticos de grande porte, podendo abrigar até árvores, com muito pouca probabilidade de racharem.

Por outro lado, os vasos vietnamitas são extremamente versáteis: todos os seus modelos podem ser transformados em lareira ecológica ou fontes d’água, por exemplo.

Agora que você já sabe que o vaso esmaltado não é um vaso vietnamita legítimo, não vai mais ser enganado por qualquer.

De qualquer forma, procure sempre comprar vasos vietnamitas em um fornecedor de renome, consolidado no mercado, a Villa Rattan trabalha com a maior importadora de vasos vietnamitas do Brasil e cujos exemplares você encontra aqui, em nossa loja online.

Aqui você encontra vasos vietnamitas da linha Premium, vasos vitrificados, rústicos, bacias, Atlantis e brown clay. Venha conhecer. Na Villa Rattan você transforma seus sonhos em realidade!

Deixe uma resposta