Gosta de estar na vanguarda da decoração? Então vem com a gente descobrir as trend alerts em revestimentos para área externa!

Os azulejos de metrô (subway tiles) são os queridinhos do momento em revestimento para área externa, mas o que vem a seguir? Vindos diretamente dos subterrâneos novaiorquinos, o revestimento ganhou a preferência de designers, arquitetos e usuários em geral com seu formato geométrico, seu brilho e suas cores.

Sim, as cores são um de seus fortes estéticos, principalmente quando combinadas com as cores da própria argamassa. Lembra bastante os diferenciais estéticos dos móveis de fibra sintética artesanais da Villa Rattan, que também podem ter a cor da própria fibra e do acabamento do alumínio em pintura eletrostática customizados.

Não é de surpreender, portanto, que eles tenham feito e continuem fazendo tanto sucesso. Mas para quem gosta de estar na vanguarda da decoração é sempre bom entender como essa paixão toda surgiu e ficar ligado nas próximas tendências.

Quais serão as próximas novidades em revestimentos que estão acendendo o todos os trend alerts? E como combinar com os móveis de fibra sintética, essenciais para criar o clima na área gourmet, por exemplo?

Subway tiles: como nasceu a paixão pelo revestimento para área externa?

Um bom caminho para entender as tendências é compreender o que as fez cair no gosto popular. A paixão pelos azulejos de metrô, por exemplo, começou faz tempo, lá no início do século XX, quando o revestimento foi criado pelos designers George C. Heins e Christopher Grant La Farge para a primeira estação do metrô em Nova York.

Era o ano de 1904 e logo os padrões de retângulos de 8 cm x 22cm brilhantes se espalharam pelas residências. Mas, como praticamente tudo na moda e na decoração, ficaram um bocado de tempo esquecidos, aparecendo aqui e ali nas décadas de 70 e 80.

Mas em tempos de nostalgia e estilo vintage em alta, eles voltaram com tudo, especialmente nos projetos de áreas gourmet e como revestimento para áreas externas devido à sua grande versatilidade.

Decoração um passo à frente do seu tempo

Pensar sempre um passo adiante costuma ser um (bom) hábito de quem ama decoração e design, por isso não custa nada fazer um exercício para descobrir quais os revestimentos para área externa que vêm a seguir.

É como decorar com os móveis de fibra sintética: quem não gosta de ficar para trás já está adotando a tendência na casa inteira.

Ao contrário dos móveis tradicionais industrializados, a fibra sintética é um móvel de luxo artesanal, que oferece várias possibilidades de composição, tem peças produzidas com exclusividade para cada cliente e ainda são resistentes às intempéries.

Por tudo isso – design, durabilidade, facilidade de limpeza, beleza, sofisticação e conforto – os móveis de fibra sintética são praticamente a decoração do futuro para toda a casa.

O que vem por aí?

Na área dos revestimentos para área externa, várias apostas já estão sendo feitas pelos profissionais especializados. Veja bem, nada indica que o reinado dos azulejos de metrô esteja perto de acabar. Mas se você já está em busca de novidades, já pode começar a se planejar.

 

  • Zelligue, o charme do azulejo marroquino

Assim como os subway tiles, os azulejos Zelligue também são clássicos e simples, só que um pouco mais ousados. É como escolher banquetas Santorini mostarda ou  uma poltrona Oregon em tricô náutico vermelho pimenta, por exemplo.

O grande diferencial, neste caso, é a irregularidade das peças artesanais, que confere um aspecto meio rústico, mas muito personalizado. E, assim como os móveis de fibra sintética, o que não faltam são cores maravilhosas para criar exclusividades estéticas sensacionais.

A técnica é tão especial quanto a dos milenares vasos vietnamitas. Tradicionalmente os azulejos Zellige são produzidos com argila não refinada extraída da região de Fez, no Marrocos, amassada com água, moldada à mão, seca ao natural e cozida em um forno chamado “kiln”.

Depois o esmalte é aplicado na superfície da peça em bruto em camadas semitransparentes, criando efeito esmaltado, perolado, metálico, intenso ou opaco. O corte é feito então em uma variedade praticamente infinita de tamanhos e formas criando as famosas irregularidades.

 

  • Pedras naturais voltam com força

Entre as próximas tendências de revestimentos para área externa estão as já conhecidíssimas pedras naturais. Elas vêm a revoque da busca por tudo o que é da natureza, que remete ao meio ambiente e valoriza a beleza das coisas simples.

Mármore e granito estão em alta, principalmente nos tons de bege e nas cores terrosas. Basicamente é o mesmo conceito de uma mesa de centro tronco, com tampo em tora de peroba rosa de demolição, por exemplo, ou mesmo de uma poltrona Benfica, com sua trama balaiada de corda náutica rami.

Ambos os materiais, aliás, servem de complemento perfeito para as pedras como revestimento para área externa, trazendo o calor do aconchego para o material frio.

 

  • Folhas de vidro sobre alvenaria: ousadia pura

Gosta de ser ousado e surpreender na decoração? Essa é a ideia desse uso da folha de vidro como você nunca viu antes: diretamente sobre a alvenaria da parede.

A ideia é justamente preservar aquela parede já descascada, com parte dos tijolos já aparentes – principalmente se forem maciços. Este tipo de decoração busca preservar a história da casa, dando mais personalidade à área externa.

Claro que não precisa ser em todas as paredes. Eleja uma e faça dali o foco do olhar. A ideia é mega versátil, servindo, na verdade, para qualquer cômodo da casa: quartos, banheiros, lavabos, sala, home office...

Mas vamos ser sinceros, fica um charme extra na área gourmet, reforçando uma decoração industrial, por exemplo. Aí a dica é caprichar nos móveis de fibra sintética que sublinham o estilo, como a poltrona Veneza e o sofá  Roma em acabamento preto, a mesa Guatemala ou a Grécia.

E então, qual destes revestimentos para área externa você apostaria?

Conta aqui para a gente e aproveite para saber mais sobre o Home Hub, o conceito da casa como espaço de aperfeiçoamento pessoal!

Deixe uma resposta