Saiba mais sobre esse estilo de vida e descubra como levar o conceito home hub para melhorar sua experiência em todos os ambientes da casa!

Cada vez mais as atividades do dia a dia são levadas para o lar. A pandemia provocou toda uma releitura do relacionamento com a casa, transformando-a em um espaço multifuncional. Com isso ganhou força o conceito de home hub, um movimento que cresce cada vez mais, mantendo o foco na casa como espaço de aperfeiçoamento pessoal.

O próprio Google já usou o termo para nomear display inteligente, imobiliárias para criar plataformas e mesmo a moda já tem um conceito de home hub fashion: roupas que podem ser usadas para qualquer momento em casa e também nas ruas.

O home hub é, então, um conceito abrangente, que situa a casa para além de um refúgio, mas como o ponto central de diversas atividades – trabalho, exercícios, lazer, etc – influenciando diretamente na decoração.

Veja como aplicar esse novo jeito de viver para criar ambientes internos e externos que propiciem o aperfeiçoamento pessoal e o conforto para todas as horas no lar.

4 dicas para adaptar a casa para o home hub life style

À medida que passamos mais tempo em casa, agregamos mais atividades, mas também queremos mais conforto.

As novas tendências de estilo de vida impulsionam as inovações para o bem-estar, seja na tecnologia da casa conectada, seja na produção de materiais sustentáveis e duráveis, seja no conforto de móveis que passeiam pelos mais variados ambientes, como os de fibra sintética.

A ideia, em si, não é nova. Antes mesmo da pandemia popularizar os home offices, os millennials (pessoas nascidas entre meados da década de 1985 e o fim dos anos 90) trabalhavam em casa e haviam aderido à tendência, otimizado a rotina graças às inovações tecnológicas.

Para os segmentos que já trabalham com decoração essa é a hora de agregar mais valor aos seus produtos. Para o consumidor, é o momento de investir em móveis e elementos que possibilitem uma experiência cada vez melhor em casa, tornando o lar o espaço de novas experiências.

Veja 4 dicas para levar esse conceito de qualidade de vida para a sua casa.

1 – Home office nômade

Quantas vezes, antes da pandemia, você já havia se imaginado fazendo reuniões da empresa na sala de TV ou sentado no sofá da varanda?

Hoje o balcão da área gourmet se transformou em uma ótima escrivaninha – que amanhã pode ser a mesa da piscina ou aquela mesa bistrô charmosa que você comprou para fazer aquele cantinho especial.

E, pensando bem, não tem por que ser diferente. Hoje sabemos que, se há espaço e a casa é tranquila, o home office pode ser onde você se sentir bem naquele dia.

Por isso, invista em banquetas confortáveis na área gourmet, como a Santorini; em cadeiras da mesa de jantar diferenciadas, como a Ilha Bela, em poltronas na varanda que parecem abraçar o corpo, como a Benfica, e em mesas laterais, que podem servir de apoio ao computador, como a Dallas. O local de descanso de hoje pode ser o seu home office de amanhã.

Afinal, não porque ficar preso entre quatro paredes quando você tem toda a casa à sua disposição para aproveitar o dia junto à natureza, mesmo que seja trabalhando na frente do computador.

2 – Ambientes integrados são alma do home hub

A flexibilidade de dar nova função ao cômodo leva qualidade de vida ao tempo em que passamos em casa. Por isso, os ambientes integrados são a alma do home hub.

A sala de TV integrada à varanda ou à área de lazer, por exemplo, é um excelente lugar para sua home gym. Basta conectar o app preferido à TV e transformar o espaço em uma academia particular.

Então é interessante prestar atenção em alguns elementos, como tapetes confortáveis e um bom espaço de circulação entre os móveis.

3 – Invista em mesas fartas e multifuncionais

No home hub cada item deve ser pensado de uma forma holística, agregando valor de diversas maneiras ao todo.

Nesse espírito, as mesas têm papel fundamental. Sempre que possível, opte por itens fartos, que acomodem facilmente mais de uma função – inclusive de forma simultânea.

Usar o tempo em casa para o aperfeiçoamento pessoal também significa um maior entrosamento com a família, repensando o uso dos espaços comuns.

Mesas generosas, como a Moçambique, para 8 lugares, podem abrigar uma cerveja gelada na varanda enquanto as crianças brincam de colorir na outra ponta ou ainda a produção de trabalhos manuais como hobby.

4 – Crie uma garagem lounge

A garagem lounge ou garagem de estar é outro conceito que ganha força com o home hub. Os espaços ao ar livre são privilegiados, então por que não criar vários deles pela casa?

A garagem é um ótimo lugar para compor um cantinho aconchegante com alguns itens personalizados. A dica é cercar-se de objetos queridos, plantas e móveis outdoor para criar uma atmosfera intimista e aconchegante junto ao carro.

Uma mesa redonda, como a Brava, é sempre bem-vinda. Toda em alumínio, ela pode ficar ao ar livre sem perder a beleza.

Com cadeiras bem confortáveis de fibra sintética, que também são resistentes ao tempo, como as Faro, você cria um clima íntimo para ouvir um som, tomar um drink depois do trabalho ou simplesmente relaxar sossegado.

No home hub, os móveis de fibra sintética são uma grande sacada, porque além de bonitos, confortáveis e customizáveis, são 100% resistentes ao sol e à chuva.

Além disso, como móveis artesanais de luxo, eles são perfeitos para passear por todos os ambientes da casa, internos e externos, criando muitas alternativas de decoração e funcionalidade.

Saber investir no seu conforto e no seu aperfeiçoamento pessoal é conquistar mais qualidade de vida no lugar mais importante do mundo: a sua casa.

Venha conhecer mais móveis de fibra sintética na loja online da Villa Rattan e inspire-se nos ambientes decorados no nosso Instagram!

Deixe uma resposta