Conheça alguns dos segredos para ter uma cozinha de estar  perfeita e criar memórias inesquecíveis com quem você mais gosta!

Quando Rita Lobo lançou seu livro de receitas “Cozinha de Estar” em 2012, provavelmente não imaginou que o conceito tomaria uma dimensão tão grande. Hoje ele permeia grande parte dos projetos de design: a simbiose perfeita entre cozinha e estar em um ambiente espaçoso e aconchegante.

De uma certa forma, apesar das diferenças físicas, é aquele retorno à cozinha de antigamente, onde as pessoas conversavam por horas enquanto os alimentos eram preparados. Dali os pratos saíam mais gostosos, regados a confidências, segredos e muitas risadas.

Antes mesmo de a casa se transformar no principal palco da vida por causa da pandemia, essa coisa de unir os dois espaços já ganhava vida. Com um nível a mais de sofisticação, é verdade, levando móveis de luxo, como os de fibra sintética, para esse lugar híbrido tão atraente.

E isso não é de se estranhar. Afinal, mesmo com a busca crescente por uma alimentação saudável, a cozinha é sempre um lugar de molhos, cremes, pimentas e ingredientes que podem sujar.

Buscar móveis práticos, fáceis de limpar, mas que sejam cheios de estilo como a cozinha de estar merece, portanto, é natural. A felicidade faz parte do ato de cozinhar e um ambiente bonito e confortável influencia diretamente no humor.

Por isso, assim como uma receita de família, fazer uma cozinha de estar perfeita também tem seus segredos. Veja como dar o tempero certo e criar um ambiente único em casa.

Na mesa, o centro de tudo

Na cozinha de estar, a mesa não é só um lugar para sentar e comer. Ela é apoio, é base, é agregadora. Não é temporária, é definitiva. Por isso deve ser farta e espaçosa, como a Moçambique.

Deve ter espaço para apoiar ingredientes, pratos, petiscos e bebidas, mas também abrigar braços, abraços, brindes e gargalhadas.

O tampo de madeira de demolição remete à natureza, aquece o espaço, traz história. Já os pés de alumínio com design clean refletem a praticidade, a resistência à umidade, o desapego ao exagero quando tudo o que se precisa é do básico.

O conforto, claro, deve se estender às cadeiras, protagonistas de horas de conversas e revelações – gastronômicas ou não. Escolha fibras sintéticas com linhas anatômicas, como as da Faro; orgânicas, como as da Ilha Bela; ou modernas, como as da Monteserrat.

O importante é ter praticidade com muito estilo, conforto e sofisticação.

Tenha o que você ama

Esse espaço híbrido da cozinha de estar é uma junção de elementos que fazem bem à alma. Por isso, compre o que você ama e tudo vai gravitar em torno com harmonia. Mais do que seguir tendências, é preciso criar um ambiente que reflita o seu jeito de ser.

Nos móveis de fibra sintética a possibilidade de customização amplia seu leque de opções. Leve as fotos das suas viagens, a luminária que você ama e as banquetas que não vive sem.

Lembre-se que o sofá generoso também faz parte desse ambiente, como o Oregon. O tricô náutico é fácil de limpar e é totalmente resistente à água, assim como o tecido náutico. Escolha uma cor de fibra sintética que aqueça seu coração, seja um chumbo, o mostarda ou o bordô.

Acessórios também dão o clima social

A ideia da cozinha de estar é criar um clima aconchegante e íntimo, por isso a presença de elementos sociais é indispensável. Aposte nos acessórios para criar essa atmosfera envolvente e aquecida. Mesas laterais e seat garden são ótimos para isso.

A opção por design tramado cria aquele volume que lembra conforto, abraço. Linhas circulares, por sua vez, quebram a dureza das retas ao mesmo tempo em que se autovalorizam.

O tricô náutico da mesa lateral Estaiada, por exemplo, combinado com o tampo de madeira em peroba rosa de demolição oferece conforto estético. Já a trama 2×2 vazada da fibra sintética do seat garden também com tampo de madeira completam o visual.

No apê, aposte na integração dos ambientes

Quem mora em apartamento nem sempre pode dispor de tanto espaço, mas também pode ter uma cozinha de estar dando ênfase à área gourmet com toque social. Aqui, a escolha dos elementos também é fundamental.

O balcão faz as vezes da mesa, sendo o elemento agregador do espaço. Assim, as banquetas para área gourmet passam a ser também protagonistas. Opte por modelos com encosto, que reforçam o conforto e abraçam o corpo, como a Roma, Santorini ou a Villy.

Caso o espaço permita, uma mesa redonda, como a Canadá, com prato giratório, é perfeita tanto para a refeição quanto para a ajuda no preparo dos alimentos enquanto o papo fica em dia.

Veja como criar a iluminação certa

Por fim, mais dois elementos são fundamentais para a cozinha de estar perfeita: as plantas e a iluminação adequada.

Fuja do que é considerado tradicional, com aquela luz branca fria que machuca a vista e deixa qualquer ambiente residencial com jeitão de comércio.

A ideia é transformar o que seria um espaço meramente funcional em um local lúdico, de entretenimento entre a família e os amigos. Use luz branca quente – ou amarela, como muitos chamam. Ela é mais agradável à visão, aumenta a sensação de relaxamento e descontração, e cria mais possibilidades decorativas.

Em vez de colocar apenas uma luz direta no teto, brinque com as possibilidades, espalhando pendentes em locais estratégicos ou spots direcionados em trilhos.

Quanto mais opções de luz artificial você tiver, mais ambientes diferentes poderá criar apenas com o toque do interruptor.

Quer mais exemplos de cozinhas de estar? Venha descobrir ambientes inspiradores no Instagram da Villa Rattan e comece a fazer o seu projeto!

Deixe uma resposta