Saiba 6 dicas de como escolher o vaso de acordo com a planta e descubra por que os vasos vietnamitas são a melhor escolha para uma decoração de alto padrão!

Parece fácil, mas muita gente erra. Escolher o vaso de acordo com a planta tem seus segredos, como praticamente tudo, aliás, em decoração. Os vasos vietnamitas têm muitos modelos que levam diferenciais aos ambientes. Mas para conquistar a harmonia ideal e favorecer a saúde das plantas, é preciso considerar alguns fatores.

Já reparou como às vezes escolhemos o vaso e a planta com tanto carinho, mas ela acaba não seguindo adiante ou não desenvolvendo da forma esperada?

Isso acontece porque, de uma forma ou de outra, é preciso calcular o crescimento da planta, o tipo de luminosidade e até a resistência do vaso.

Veja 6 dicas de como escolher o vaso de acordo com a planta e nunca mais errar no paisagismo.

1 – Sim, beleza é fundamental

A natureza é maravilhosa e os vasos devem estar à altura, prestar uma verdadeira homenagem às plantinhas. Por isso invista em peças bonitas, que tenham valor funcional, mas também estético.

Por isso, quando pensar em vaso para a sua planta, escolha sempre o que reunir mais qualidades. O vaso vietnamita, por exemplo, é famoso no mundo inteiro por sua beleza, resistência e versatilidade. Além disso, há coleções com modelos e tamanhos variados, vitrificados ou rústicos.

2 – Atenção ao tamanho da planta

Quando as plantas devem ficar pequenas, o ideal é escolher vasos de pequeno e médio portes, com capacidade entre 1 e 6 litros, ou cerca de 20 cm de diâmetro. Eles são perfeitos para flores como azaleias, calêndulas, lírio-da-paz, begônias, amor-perfeito.

Os temperos também entram nesse caso. Os modelos pequenos dos vasos vietnamitas Malta, Itália e Belize, por exemplo, são perfeitos para uma horta cheia de charme na área gourmet, com manjericão, cebolinha, sálvia e hortelã, entre outros.

3 – Plantas de médio-grande porte precisam de mais terra

Já as plantas de médio-grande porte precisam de vasos que consigam suportar uma boa quantidade de terra.

Para escolher o vaso de acordo com a planta, então, é preciso lembrar que ele deve ser resistente, já que além da terra há também a expansão das raízes e a água, que torna a terra mais pesada.

Para espécies como lança-de-são-jorge e panamá-rajado, por exemplo, ficam ótimas em recipientes com cerca de 35 cm de diâmetro, como os vasos vietnamitas nos modelos Atlantis Mônaco, África e Artemis.

Já palmeiras, jiboias e filodendros requerem vasos maiores, cerca de 50 cm, como o Líbano, Portugal ou Argélia.

4 – Conheça o ritmo de crescimento da planta

O ideal é mudar o mínimo possível a planta de vaso, por isso é importante conhecer o ritmo de crescimento da espécie que você está adquirindo.

Então, para saber como escolher o vaso de acordo com a planta o ideal é saber o tamanho máximo que ela pode atingir dentro do recipiente.

Pergunte ao seu fornecedor e escolha um vaso que já acomode esse tamanho no futuro.

5 – Analise o tipo de raiz

 

Plantas bonitas e saudáveis em vasos de qualidade e beleza são essenciais em uma decoração de alto padrão. E, para isso, analisar o tipo de raiz de cada espécie também é importante para a escolha do vaso.

Algumas plantas, por exemplo, precisam de vasos mais altos, como os modelos Berlim, Dubai e Atlanta, porque têm raízes mais profundas.

O ficus, por exemplo, é uma planta que costuma ter raízes bastante fortes, que quebram os vasos com facilidade, principalmente se não forem do tamanho adequado.

São árvores lindas, perfeitas para dentro de casa ou para as áreas externas, e para as quais os vasos vietnamitas são perfeitos.

Devido à sua forma de produção artesanal em moldes, eles levam até o dobro da argila que os vasos comuns, feitos em tornos. Com isso, são mais espessos e conhecidos como os mais resistentes do mundo.

Por outro lado, se a planta for pequena, mas a raiz for grande, ela deve ser cultivada em vasos maiores. Mas é preciso atenção, porque se a raiz for proporcional à planta e ela for pequena, um vaso muito grande pode sufocá-la pelo excesso de nutrientes.

Uma dica é observar o tamanho da copa da planta, já que a raiz costuma ocupar a mesma área.

6 – Você pode delimitar o tamanho da planta

Tudo escolhido para a decoração ficar perfeita, mas você já sabe que a planta vai crescer para além do tamanho do vaso e não quer trocar no futuro?

Não tem problema, é possível delimitar o tamanho da planta. Nesse caso, é preciso tirar a planta e podar a raiz, cuidadosamente. Essa pode deve ser feita de forma semelhante à dos galhos, como uma manutenção que controla seu crescimento, fazendo com que se torne uma planta adulta menor.

Se isso não for feito e o vaso ficar pequeno, a planta poderá ser sufocada e perecer.

Tomando esses cuidados fica muito mais fácil escolher o vaso de acordo com a planta e ter a decoração perfeita com itens diferenciados e que agregam valor, como o vaso vietnamita.

Você encontra as coleções legítimas de vasos vietnamitas na loja online da Villa Rattan e ambientes inspiradores no nosso Instagram!

Deixe uma resposta